segunda-feira, 30 de agosto de 2010

1987

Martin Kippenberger: The Brothers Montgolfier, 1987

para refletir 6

.
“Há na província uma reação invisível contra a atividade intelectual, algo que vai aos poucos roendo os sonhos do artista. A província não opõe nada ao ato criador, não há um choque, uma guerra, um combate honesto. É areia movediça que vai enterrando aos poucos. Se ao menos houvesse luta. Mas não. O que há é um simples absorver, um indiferente desconhecimento da atividade artística, um silêncio, uma incapacidade de julgamento, uma falta de vivência da coisa arte, uma falta de interesse, de estímulo, de ambiente, de crítica, de gosto, de público. O artista na província é uma figura quixotesca pronta para a luta, mas encontra o campo vazio. Sua figura é até ridícula, quando não grotesca. Nada se opõe a ele. Pode fazer o que quiser,
provocar ou acomodar-se, ninguém nota. Ou, se nota, é migalha demasiado insignificante para sua fome de realização.”

Ivan Ângelo
.

sexta-feira, 6 de agosto de 2010

ventos turvos (vídeo-poema)

ventos turvos - paranax - 2010: vídeo-poema feito a partir da montagem de uma série de fotos encontradas na internet cuja temática era vento. projetado pela primeira vez no dia 01/08/10 no teto da concha acústica da praça central de paraisópolis, mg.



download: ventos turvos
.
.

terça-feira, 3 de agosto de 2010

ventanias

.
.
A seguir, mais registros do último domingo, 01/08, em Paraisópolis, sul de Minas Gerais, durante o É VENTO NA PRAÇA - evento cultural independente promovido pelo coletivo CLUBE DO TREM. As fotografias são do site Oia Noi na Foto
.
.
.
Projeção na Concha Acústica do poema visual  "TREM" de Paranax durante a apresentação do quarteto instrumental Maracangaia.

.

.
.
.
Projeção na Concha Acústica do poema visual "Vento é Vento" de Paranax durante a apresentação do quarteto instrumental Maracangaia.

.
.
.
Paranax conversa sobre poesia com Benedito Carlos, poeta Paraisopolense.


segunda-feira, 2 de agosto de 2010

Experiença A.

Foto: Lila Gondim
.-----------------------------------------------------------------------------------------------------------

Lixo  +   linguagem das ruas  +   (poesia verbal  + visual)  +  cinema  marginal  X ventania
 .

.
Ventania Experiença A.

------------------------------------------------------------------------------------------------------------
.

A instalação Ventania Experiença A. na visão da poeta Lila Gondim

Venta forte, é vento


Entrei num poema,
engraçado,
no meio de uma praça.
Um estalo,
palavras ao redor,
estava eu lá,
sentindo o vento...
Dentro dele!
Uma representação de que poesia
ACONTECE
em qualquer lugar!
É só captar as imagens ao redor
e as palavras que elas nos trazem,
o vento trouxe algo que me arrepiou
me fazendo sentir NA PELE aqueles ares...
e eu que vim de tão longe,
no meio de uma praça que eu nunca imaginei pisar...
Ou ele que me trouxe só pra sentir esse gosto:
Mineiro: daqui mesmo: Minas Gerais.
.
.

Libertários

Baú